Dia Nacional das Apaes é comemorado nesta sexta-feira (11)

No Espírito Santo, a rede Apae está presente em 40 municípios e atende mais de 9 mil pessoas com deficiência intelectual e múltipla

Criado em 1954, o movimento nacional das Apaes celebra nesta sexta-feira (11), 66 anos de existência. A maior rede de apoio às pessoas com deficiência do Brasil surgiu no Rio de Janeiro, com o intuito de prestar um serviço de qualidade às pessoas com impedimentos de natureza intelectual e múltipla.

Ao longo de mais de seis décadas o que não falta é motivo para comemorar. De acordo com a Federação Nacional das Apaes (Apae Brasil), em todo o país são mais de 2.200 unidades, que juntas realizam mais de 23.600.000 atendimentos por ano.

Para o presidente da Apae Brasil, José Turozi, o objetivo do movimento é buscar uma sociedade mais igualitária. “É um dia de festa e muito orgulho, pois sabemos que a Apae, ao longo de sua trajetória, tem exercido um trabalho de excelência na busca por mais igualdade e respeito às pessoas com deficiência”, comenta.

Dentro do propósito de se construir uma sociedade justa, igualitária e inclusiva, a Apae trabalha na defesa de direitos, prevenção, prestação de serviços de saúde, educação e inclusão no mercado de trabalho, além do apoio às famílias.

“Incluímos no mercado de trabalho mais de 16 mil pessoas. Fazemos um trabalho de inclusão e somos protagonistas nessa área”, afirmou Turozi. “Milhares de atendidos foram para a universidade, por exemplo – acrescentou -, e temos conhecimento que muitos tornaram-se atletas, artistas, entre outras profissões”.

Como organização de assistência social, a Apae Brasil é certificada conforme a Lei nº 12.101/2009, e atualizada pela Lei no 12.868/2013, que trata das entidades de habilitação e reabilitação da pessoa com deficiência e de promoção da sua inclusão à vida comunitária.

Apae no Espírito Santo

No Espírito Santo, a Federação das Apaes atua desde 1992 com o intuito de ofertar serviços de qualidade à população de 40 municípios atendidos pela rede. Juntas, as unidades atendem mais de 9 mil pessoas com deficiência intelectual e múltipla, empregando, direta e indiretamente, mais de 2.500 profissionais altamente qualificados.

Sobre as Apaes

As Apaes são organizações não governamentais, sem fins lucrativos, que trabalham para que as pessoas com deficiência intelectual e suas famílias vivam com melhor qualidade de vida e felizes. São instituições de assistência social que oferecem serviços nas áreas de educação, saúde e assistência social, contando, em muitos casos, com a parceria do Poder Público.

Deixe uma resposta

Fique tranquilo! Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de privacidade e cookies