Pesquisa mostra preocupação de profissionais do Terceiro Setor com a saúde mental

O estudo foi realizado com mais de 800 pessoas, que apontaram os principais fatores de estresse no ambiente de trabalho.

A pesquisa “Saúde Mental e Bem-Estar no Terceiro Setor”, realizada pela Phomenta, mostrou que 50% dos profissionais que atuam no Terceiro Setor estão preocupados com a própria saúde mental. Além disso, mais de 70% dos respondentes não percebem ações intencionais de suas organizações para promover o bem-estar dos colaboradores.

O estudo foi realizado com mais de 800 pessoas, que apontaram os principais fatores de estresse no ambiente de trabalho.

Um dado é que 77% dos entrevistados identificam a ansiedade como o sintoma mais comum diante do estresse no trabalho. A “exaustão física” é o segundo sintoma mais relatado, afetando 64% dos participantes. Outros sintomas, como “transtorno do pânico”, “pressão alta” e “vontade de sumir” também aparecem na pesquisa.

Outro dado preocupante revela que 20% dos profissionais se ausentaram do trabalho devido a questões de saúde mental. Além disso, 20% recorrem regularmente a calmantes e ansiolíticos. Cerca de 66% já buscaram apoio profissional, principalmente de psicólogos (87%) e psiquiatras (38%).

Deixe uma resposta

Fique tranquilo! Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de privacidade e cookies