Prêmio para reportagens sobre iniciativas que melhoram a segurança em territórios vulneráveis

O objetivo é promover soluções que foram implementadas coletivamente em favelas, periferias, ocupações e outros territórios.

Jornalistas de todo o Brasil poderão mandar propostas de reportagens sobre iniciativas que se propõem a melhorar a segurança em territórios vulneráveis. As inscrições para quem quer participar do programa Comunidades Vivas vai até o dia 7 de maio e as ações retratadas podem ser do poder público, entidades ou a partir da mobilização da sociedade civil.

O objetivo é promover soluções que foram implementadas coletivamente para a resolução deste problema em favelas, periferias, ocupações, e outros lugares. Serão priorizadas pautas que falem sobre proteção de grupos vulnerabilizados, melhoria do sistema de justiça, combate ao preconceito, promoção de equidade, entre outros.

O programa é promovido pelo Instituto Sou da Paz em parceria com a Ponte Jornalismo, com o apoio do National Endowment for Democracy (NED).

As cinco propostas selecionadas receberão microbolsas no valor de R$ 2.800 cada para custeio da produção da reportagem.

Clique aqui e inscreva a sua proposta.

Deixe uma resposta

Fique tranquilo! Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está de acordo com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais

Política de privacidade e cookies